quinta-feira, 9 de maio de 2013

Vagamente pensando

Deu vontade de escrever sobre gente. Faltam palavras - ou as tenho, mas falta arranjo para elas. São tão diferentes umas das outras; são tão profundos os seus pensamentos, de umas mais que das outras. Olhar nos olhos de alguém e não conseguir decifrar o que veio à sua mente. Mas ainda que profundos, vagos; ainda que imprevisíveis, efêmeros. Misterioso sonho de ler pensamentos. Pena. Ou não. É até melhor.