quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Um belo céu que não há descrição que faça jus

Olhando o céu hoje, deparei-me com a imensidão. Deus, quantos outros já não pensaram nisso! Enfim, pensei no quanto essa noção me assombra. Um Deus capaz de criar (porque o ser humano só reproduz) algo tão lindo quanto o brilho do sol nas nuvens - parecem saber o quanto me encantam - não permitir que me desvie do caminho planejado para mim? Só sendo amor mesmo. E meus imensos desvios e tropeços; coisas que causam marcas nos outros e em mim; poderia contar com a justiça dEle, que sabe tudo, mas houve o revestimento da graça. Por isso, louvado sejas hoje, porque amanhã, certamente, acharei algo pelo que Te louvar!