quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

A saga da prosa

E essas pessoas que se deixam enganar, hein? Descobriram tudo!
Mas e essa despreocupação com a própria aparência? Mais do que conveniente!
E esses olhares covardes? Mais que divertidos!
Mas e essa reflexão constante? Cansativa!
E esses casais que não se suportam? Há mistério.
Mas e essa regeneração? Necessária.
E esse sonho esvoaçante? Inalcançável.
Mas e toda essa prosa que volta a não ter rumo? Sou eu.